Cirurgia de Mama

A excelência na Cirurgia de Mama em Volta Redonda proporciona confiança e bem-estar às mulheres, promovendo saúde e autoestima.

O que é e para que serve a cirurgia de mama?

Devido a estética ou doenças como o câncer, existem vários tipos de cirurgia de mama com objetivos diversos.

A cirurgia de mama está indicada no combate ao câncer, removendo o tumor e parte do tecido que o rodeia, ou por motivo estético, como elevação de mamas caídas.

Como é feita a cirurgia da mamoplastia de aumento e redutora?

A cirurgia, é geralmente feita com anestesia geral e pode ter o tempo de uma hora até três horas e meia, a depender do planejamento. O tempo de internação pode variar de 12 até 24 horas.

cirurgia de mama

Conheça alguns dos tipos de cirurgia de mama

Dependendo do objetivo, existem vários tipos de cirurgia plástica que podem ser feitos nos seios, sendo possível aumentá-los, diminuí-los, levantá-los e até mesmo reconstruí-los, nos casos de remoção da mama devido a câncer da mama.

Geralmente, este tipo de cirurgia é feito em mulheres, mas também pode ser realizado em homens, especialmente nos casos de ginecomastia, que é quando as mamas crescem devido ao desenvolvimento excessivo do tecido mamário no homem.
Pós-operatório da cirurgia plástica nos seios.

A recuperação demora em média 2 semanas e, nos primeiros dias, é normal sentir alguma dor ou desconforto na região. No entanto, para acelerar a recuperação e evitar a dor.

Reconstrução de Mama

Procedimento cirúrgico que envolve remoção parcial ou total da mama, pele, aréola e mamilo. Logo após o procedimento costumam ser realizadas cirurgias de reconstrução da mama, em busca de aparência mais próxima possível do normal.

Lipoenxertia Mamária

Cirurgia onde utilizamos a gordura da própria paciente para volumizar a mama, seja para aumentos sem próteses ou apenas equilibrar melhor o tamanho das mamas.

Mamoplastia de Aumento

Cirurgia que visa aumentar o volume da mama das pacientes com auxílio de próteses de silicone.

Mamoplastia Redutora

Procedimento que busca ajudar na melhor proporção das mamas em relação ao corpo. Algumas mulheres sentem fortes dores nas costas devido ao peso das mamas.

AUTO ESTIMA

Auto Estima Feminina.

A presença de seios saudáveis melhora o humor da mulher ao realizar tarefas cotidianas, como cozinhar ou trocar de roupa. 

Hoje, as mulheres podem ter seus seios aumentados com implantes mamários e outras técnicas. Isso permite que eles se sintam confiantes sobre seus corpos sem sacrificar as oportunidades profissionais devido ao tamanho ou estrutura do peito pouco atraente.

auto estima

Aprimoramento da Mama

A cirurgia de aumento ou aprimoramento de mama tornou-se tão popular porque permite que as pessoas melhorem suas características físicas naturais – se quiserem fazê-lo ou mandar fazer por um cirurgião

Independentemente do sexo de uma pessoa, a aparência afeta a todos de uma forma ou de outra; assim, ter acesso a este procedimento é benéfico, não importa qual seja o seu gosto em seios!

TRATAMENTO DE DOENÇAS

Câncer de Mama

A cirurgia de mama está indicada no combate ao câncer, removendo o tumor e parte do tecido que o rodeia, ou por motivo estético, como elevação de mamas caídas, por exemplo. Há ainda casos de cirurgia de mama que combinam os dois procedimentos, remoção da mama e recuperação completa da paciente.  Conheça alguns dos tipos de cirurgia de mama realizados no câncer de mama:

Mastectomia: procedimento cirúrgico que envolve remoção parcial ou total da mama, pele, aréola e mamilo. Logo após o procedimento costumam ser realizadas cirurgias de reconstrução da mama, em busca de aparência mais próxima possível do normal.

Adenectomia: remoção de toda a glândula mamária, mantendo outros componentes como mamilo e aréola. 

Quadrantectomia: remoção do tumor, bem como parte da área ao seu redor, sem necessidade de remoção de toda a mama ou todo o tecido glandular, como nos outros procedimentos. Em alguns casos, visando conter o câncer, remove-se os linfonodos da axila. 

RECOMENDAÇÃO

RECOMENDAÇÕES MÉDICAS PRÉ E PÓS OPERATÓRIAS

01
Não fume

Fumar é um problema, já que aumenta os riscos de complicações. Então, é importante que você pare por algum tempo .

02
Tenha alimentações balanceadas

Comer refeições completas e balanceadas é importante.

03
Saiba se os medicamentos são permitidos

Em alguns casos, medicamentos e suplementos dietéticos, por exemplo, podem ser interrompidos.

04
Evite dietas excessivas

Evite fazer dietas excessivas momentos antes da cirurgia.

05
Um lugar tranquilo para se recuperar.

Isso inclui roupas largas e confortáveis, além de um chuveiro adaptado.

Reconstrução

Como é feita a reconstrução da mama?

A reconstrução depende diretamente da cirurgia primária para a retirada do tumor. Nos casos em que foi preservada grande parte de pele e gordura na mastectomia, o cirurgião plástico poderá realizar um procedimento mais simples, utilizando apenas uma prótese de silicone para a reconstrução, atingindo um resultado satisfatório.

Já nas mulheres onde a retirada foi um pouco mais agressiva, mas ainda resta tecido (pele e gordura) em menor quantidade, o cirurgião pode usar colocação de expansor para ganhar espaço, ou seja, estendendo a pele e, posteriormente, substituir por uma prótese de mama. O expansor será inflado semanalmente com soro fisiológico até que fique do tamanho da outra mama e assim, posteriormente, o expansor pode ser substituído pela prótese de mama.

.

Casos mais agressivos

Nos casos mais agressivos, nos quais foi necessária a retirada de uma maior quantidade de tecido e da aréola, do mamilo e, em alguns casos, o músculo peitoral, é necessário utilizar tecidos de outras partes do corpo para cobrir o defeito criado pela ressecção do câncer. 

Então, temos duas opções mais usadas: usar a pele, gordura e músculo da região abdominal situada abaixo do umbigo (TRAM), ou usar o músculo, gordura e pele da região dorsal (GRANDE DORSAL).