Abdominoplastia
Cirurgia de Abdominoplastia RJ

O que é cirurgia de abdominoplastia?

A cirurgia de abdominoplastia, em sua essência, é um procedimento cirúrgico cujo objetivo primordial consiste na remoção do excesso de flacidez e depósitos de gordura nas proximidades da pele da região abdominal. Durante uma abdominoplastia típica, há a retirada do excesso de pele e gordura do abdome. Ademais, os músculos abdominais e outros tecidos moles são minuciosamente revisados pelo cirurgião, proporcionando, assim, uma aparência mais jovem e esteticamente satisfatória.

tipos de abdominoplastia

Quais são os diferentes tipos de abdominoplastia?

Uma abdominoplastia, indubitavelmente, tem o potencial de aprimorar significativamente a sua aparência, conferindo-lhe mais confiança, uma postura melhor e, por conseguinte, uma perspectiva mais saudável da vida.

Dentre os diversos tipos de abdominoplastia, destacam-se a clássica, a em âncora, a mini abdominoplastia e a reversa.

Conquanto todos compartilhem o mesmo objetivo de remover o excesso de pele na região abdominal, cada um é recomendado para abordar diferentes graus de flacidez.

Portanto, a escolha do tipo de abdominoplastia dependerá, invariavelmente, do nível específico de flacidez, visando sempre alcançar os melhores resultados estéticos e funcionais para cada paciente. Ademais, é imperativo considerar que a decisão envolve não apenas a busca pela melhoria estética, mas também o cuidado meticuloso com a saúde e o bem-estar do indivíduo.

Sobre o Procedimento de Abnoplastia no RJ

CIRURGIA de Abdominoplastia RJ

Muitas mulheres e homens, insatisfeitos com barrigas flácidas, optam por procedimentos abdominoplásticos. Um abdômen mais magro e tonificado não apenas proporciona mais definição, mas também cria a ilusão de uma estatura maior, contribuindo, assim, para a redução do risco de dores nas costas.

Além disso, a abdominoplastia, de maneira adicional, aprimora a postura, diminuindo a tração nos músculos abdominais e evitando a projeção da barriga para frente.

Assim sendo, a cirurgia abdominoplástica não só aprimora a postura, mas também reduz a incidência de dores nas costas, conferindo ao paciente uma aparência mais jovem e revitalizada.

Importante destacar que o tempo médio da cirurgia é de aproximadamente duas horas, variando de acordo com os resultados desejados e os diferentes tipos de abdominoplastia disponíveis. Portanto, a escolha cuidadosa do procedimento é essencial para atender às expectativas estéticas e funcionais de cada indivíduo, proporcionando resultados satisfatórios e duradouros

Abdominoplastia Clássica

Procedimentos desse tipo envolvem incisões mais curtas e são indicados para pacientes com depósitos de gordura abaixo do umbigo. A duração média é de cerca de 2 horas, considerando as necessidades e a situação de cada paciente, podendo requerer drenos em alguns casos.

Abdominoplastia Ancora

Este é o tipo mais comum de abdominoplastia para pessoas que perderam uma quantidade significativa de peso, pois visa corrigir as sobras cutâneas laterais, inferiores e mediais do abdome.

Mini Abdominoplastia

Procedimentos desse tipo envolvem incisões mais curtas e são realizados em pacientes que apresentam sobra de pele abaixo do umbigo. A duração média do procedimento é de aproximadamente 2 horas, variando de acordo com as necessidades e a situação específica do paciente. Além disso, em alguns casos, tubos de drenagem são inseridos para auxiliar no processo de recuperação.

Abdominoplastia Reversa

Esta cirurgia envolve incisões realizadas abaixo da mama e é indicada quando há excesso de flacidez acima do umbigo.

Tipos de abdominoplastia

Deseja obter mais informações sobre os tipos de abdominoplastia?

ABDOMINOPLASTIA CLÁSSICA

A incisão, de natureza horizontal, é habilmente realizada, estendendo-se de uma ponta a outra do quadril. Contudo, é importante destacar que o cirurgião plástico adota a devida cautela ao posicionar a incisão em uma região facilmente ocultável por roupas íntimas ou biquínis.

Dessa forma, não será necessário se preocupar com a exposição da cicatriz ao utilizar determinados tipos de vestimenta, conferindo ao paciente uma maior tranquilidade pós-cirúrgica.

Os benefícios

Os benefícios inegáveis da técnica clássica englobam a remoção do excesso de pele e gordura, a eliminação das estrias abaixo do umbigo e a presença de uma cicatriz estrategicamente localizada ao redor do umbigo. Ademais, a cuidadosa execução da incisão contribui para resultados estéticos mais harmônicos e discretos, atendendo às expectativas estéticas e funcionais do paciente de forma satisfatória.

ABDOMINOPLASTIA EM ANCORA

Considerando que o acúmulo de suor em determinadas regiões pode resultar em assaduras, resíduos e proliferação de bactérias e fungos, gerando mau cheiro, candidíase e outras infecções, esta técnica segue os mesmos princípios da cirurgia clássica.

Entretanto, é crucial salientar que a cicatriz apresentará uma variação, adotando um formato maior para a remoção de um considerável volume de pele em excesso. Essa modificação não se limita apenas à parte inferior (horizontalmente), mas também abrange a dimensão vertical.

Indicação para esse procedimento

A indicação para esse procedimento é restrita a um grupo específico de pessoas que apresenta abundância de pele sobressalente, geralmente decorrente de uma significativa perda de peso, como observado em pacientes submetidos a cirurgias bariátricas para redução do estômago ou em indivíduos que adotaram uma dieta rigorosa aliada a exercícios intensos. Portanto, a escolha criteriosa desse método visa atender às necessidades específicas desses pacientes, proporcionando resultados estéticos e funcionais condizentes com suas expectativas e histórico de saúde.

MINI ABDOMINOPLASTIA

A técnica mais amplamente empregada, conforme os padrões cirúrgicos, envolve a remoção do excesso de pele e gordura da região inferior do abdome, situada abaixo do umbigo.

Essa intervenção, além disso, é aplicável tanto a mulheres quanto a homens. A principal indicação para o procedimento é a presença de flacidez de pele na área abdominal inferior, geralmente decorrente de gestação ou consideráveis perdas de peso.

Ademais, a existência de estrias no abdome inferior constitui outro motivo relevante para a realização da cirurgia.

Durante a consulta médica, então, será realizado o diagnóstico e exame físico, sendo solicitados todos os exames pré-operatórios pertinentes.

Portanto, a abordagem meticulosa durante a avaliação prévia assegura que a intervenção cirúrgica seja adequada e segura, atendendo às necessidades estéticas e funcionais do paciente.

ABDOMINOPLASTIA REVERSA

Apesar de ser pouco utilizada, a cicatriz reversa é especialmente indicada para pacientes com excesso de pele flácida acima do umbigo, ou seja, no abdômen superior. Isso difere da cirurgia de abdominoplastia tradicional, que incide no abdômen inferior.

Contudo, a vantagem pode ser ainda maior se a paciente desejar realizar uma cirurgia nas mamas. Dessa forma, é possível aproveitar a mesma incisão. Nesse sentido, a escolha dessa técnica específica pode apresentar benefícios adicionais, proporcionando uma abordagem mais abrangente e eficiente para alcançar os resultados estéticos desejados.

Tire todas as suas dúvidas

Dúvidas sobre Abdominoplastia:

É viável perder peso por meio da dermolipectomia abdominal?

A quantidade de quilos perdidos está vinculada a diversos fatores, tais como o volume do abdome, o peso total, além da distribuição e espessura de gordura no restante do corpo (tronco e membros) de cada paciente.

Qual é a indicação para abdominoplastia ? e o que ela corrige ?

A abdominoplastia é indicada para corrigir a flacidez de pele associada ou não à flacidez da musculatura da parede abdominal e excesso dermogorduroso.

A realização da abdominoplastia é frequentemente questionada: quais são os procedimentos envolvidos e quais são as técnicas empregadas para correção?

Diversas técnicas para corrigir a flacidez e lipodistrofia abdominal são descritas na literatura médica. A escolha da técnica depende do grau de flacidez dos tecidos, da quantidade de estrias e da presença de gordura abdominal.

lipoaspiração juntamente com a abdominoplastia?

A complementação da técnica compreende a correção da diástase da musculatura e lipoaspiração das porções laterais e superiores do abdome

Qual é o tipo de anestesia utilizada na cirurgia?

Na maioria das vezes, os cirurgiões indicam a realização da cirurgia geral, associada ou não à raquianestesia ou peridural. Em casos isolados, a miniabdominoplastia pode ser conduzida com anestesia local e sedação.

A cirurgia do abdome deixa cicatriz muito visível?

A cicatriz localiza-se horizontalmente logo acima da implantação dos pelos pubianos e prolonga-se lateralmente. Geralmente, fica escondida.

RECOMENDAÇÕES MÉDICAS

Uma abdominoplastia tem o potencial de aprimorar significativamente a sua aparência, proporcionando mais confiança, melhor postura e uma perspectiva mais saudável da vida. Ao considerar a possibilidade de realizar uma abdominoplastia, é essencial discutir minuciosamente todos esses benefícios com o seu cirurgião, a fim de compreender por que esse procedimento pode ser benéfico para você!

01
Não fume

Fumar é um problema, já que aumenta os riscos de complicações. Então, é importante que você pare por algum tempo.

02
Tenha alimentações balanceadas

Comer refeições completas e balanceadas é importante.

03
Saiba se os medicamentos são permitidos

Em alguns casos, medicamentos e suplementos dietéticos, por exemplo, podem ser interrompidos.

04
Evite dietas excessivas

Evite fazer dietas excessivas momentos antes da cirurgia.

05
Tenha um lugar tranquilo e preparado para se recuperar.

Isso inclui roupas largas e confortáveis, além de um chuveiro adaptado.